domingo, 29 de abril de 2012

É bastante comum os alunos fazerem traduções em escolas, universidades e cursos de línguas. A questão é que nem sempre as traduções podem ser feitas Ipsis litteris. Isso porque o que é falado de uma forma numa língua, muitas vezes, tem uma forma difereciada de ser dita em outra . A expressão: “ Health is better than wealth”, por exemplo, é dita da seguinte forma em português: “ Não há dinheiro que pague a saúde”. Dificilmente você vai ouvir um falante da língua portuguesa falando assim: “ Saúde é mehor do que riqueza”. Capitou a mensagem? Portanto, na hora de fazer uma tradução, pense nas expressões exatamente como você fala em sua lígua.
Qaul a forma mais comum de dizer isto em portugês: “None so blind as those who won't see”?

4 comentários:

  1. Seria "o pior cego é aquele que não quer enxergar"?

    ResponderExcluir
  2. Exatamente Weslley! "O pior cego é aquele que não quer ver".

    ResponderExcluir
  3. Muito bom o blog
    Parabéns pela iniciativa

    ResponderExcluir